SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número6Fatores associados à cesárea intraparto em mulheres submetidas a indução do partoLições do campo para além dos números: narrativas de profissionais sobre mulheres que tiveram morbidade materna grave índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

versão impressa ISSN 0100-7203versão On-line ISSN 1806-9339

Resumo

LOPES, Fernanda; CARVAS JUNIOR, Nelson; NAKAMURA, Mary Uchiyama  e  NOMURA, Roseli Mieko Yamamoto. Validação de face e conteúdo da Escala Mackey de Avaliação da Satisfação com o Parto, transculturalmente adaptada para o português brasileiro. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [online]. 2019, vol.41, n.6, pp.371-378.  Epub 22-Jul-2019. ISSN 1806-9339.  http://dx.doi.org/10.1055/s-0039-1692125.

Objetivo

O objetivo deste estudo foi determinar a validação de face e conteúdo da Escala Mackey de Avaliação da Satisfação com o Parto (MCSRS, na sigla em inglês), transculturalmente adaptada para o português brasileiro.

Métodos

O MCSRS é um questionário com 34 itens relacionados à satisfação com o parto. As versões traduzida e retrotraduzida foram comparadas com o material original, e 10 especialistas analisaram cada item de acordo com os seguintes critérios: clareza, equivalência semântica, pertinência e relevância cultural. A versão final foi apresentada a 10 mães para validação de face, para garantir que o questionário fosse adequado à população-alvo.

Resultados

O total de 34 itens avaliados por especialistas para clareza, equivalência semântica, pertinência e relevância apresentou concordância positiva de 0,85, 0,92, 0,97 e 0,97; concordância negativa de 0,13, 0,09, 0,04 e 0,04; e concordância total de 0,75; 0,85, 0,94 e 0,94, respectivamente. A modelagem linear multinível foi aplicada com efeitos aleatórios cruzados e com efeitos aleatórios aninhados para cada juiz. A intercepção de cada critério foi a seguinte: clareza, 0,87; equivalência semântica, 0,92; pertinência, 0,96; e relevância cultural, 0,96. A média geral de concordância foi de 92,8%. A mensuração da validade de face foi 80% de concordância nos itens, todos claramente entendidos.

Conclusão

A versão final do questionário MCSRS do português brasileiro teve validade de face e conteúdo confirmada. Este instrumento de avaliação da satisfação materna durante o parto foi validado para ser aplicado na população femininabrasileira.

Palavras-chave : parto; satisfação do paciente; questionários; estudos de validação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )