SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Association between indoxyl sulfate and bone histomorphometry in pre-dialysis chronic kidney disease patientsAnemia in chronic kidney disease in a Hospital in the Northwest region to the State of Rio Grande do Sul author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Nephrology

Print version ISSN 0101-2800

Abstract

DUTRA, Marina Constante et al. Avaliação da função renal em idosos: um estudo de base populacional. J. Bras. Nefrol. [online]. 2014, vol.36, n.3, pp.297-303. ISSN 0101-2800.  http://dx.doi.org/10.5935/0101-2800.20140043.

Introdução:

A doença renal crônica (DRC) atinge todas as faixas etárias e sua prevalência tem aumentando nos últimos anos. A DRC é dividida em seis estágios de acordo com o grau de função renal do paciente: 1. Função renal normal sem lesão renal; 2. Fase de lesão com função renal normal; 3. Fase de insuficiência renal funcional ou leve; 4. Fase de insuficiência renal laboratorial ou moderada; 5. Fase de insuficiência renal clínica ou grave; 6. Fase terminal de insuficiência renal crônica.

Objetivo:

O objetivo do estudo foi avaliar a função renal dos pacientes idosos e presença de fatores associados a estas alterações.

Métodos:

Estudo transversal de base populacional. Foram estudados idosos entre setembro de 2010 e maio de 2011. A função renal foi avaliada pela creatinina sérica, sendo estimada a taxa de filtração glomerular pela fórmula de CKD-EPI.

Resultados:

Foram estudados 822 idosos, sendo 61,6% mulheres, 92,2% brancos e a maioria tinha entre 60-69 anos (61,0%). Com relação à taxa de filtração renal, 26,2% tinham a taxa normal, 60,2% discreta diminuição, 13,0% moderada diminuição, 0,5% dano renal grave e 0,1% insuficiência renal. A idade mais avançada foi associada a dano renal pela diminuição da taxa de filtração glomerular (p < 0,001). Além disso, foram fatores associados de forma independente a diminuição da taxa de filtração renal a obesidade, hipertensão arterial sistêmica e tabagismo.

Conclusão:

A grande maioria dos idosos estudados tinha algum dano renal, mesmo que considerado discreto, e 13,6% tinha disfunção de grau moderado ou superior.

Keywords : creatinina; idoso; insuficiência renal; taxa de filtração glomerular; testes de função renal.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )