SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue3Development of Height and Body Mass Index After Pediatric Kidney Transplantation: Experience of the Nephrology Pediatric Service at HCFMRP- USP, 2005-2014Impact of neuromuscular electrical stimulation on functional capacity of patients with chronic kidney disease on hemodialysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Nephrology

Print version ISSN 0101-2800On-line version ISSN 2175-8239

Abstract

MOTA, Luana Soriano et al. Estudo comparativo entre transplantes renais com doador falecido critério expandido e critério padrão em um único centro no Brasil. J. Bras. Nefrol. [online]. 2016, vol.38, n.3, pp.334-343. ISSN 2175-8239.  https://doi.org/10.5935/0101-2800.20160051.

Introdução:

A aceitação dos rins com critério expandido de doação tem sido associada com melhor sobrevida do paciente em comparação àqueles que permanecem em terapia dialítica.

Objetivo:

Comparar a função renal e a sobrevida do enxerto renal de doador falecido critério expandido com os de doador falecido critério padrão ao longo de um ano em um único centro de transplantes.

Métodos:

Foram incluídos 255 receptores de transplante renal com doador falecido, realizados entre os anos de 2011 a 2013, sendo divididos em dois grupos segundo o tipo de doador (critério expandido - DCE - ou padrão -DCP).

Resultados:

Foram avaliados 231 receptores com doador critério ideal (90,6%) e 24 com doador critério expandido (9,4%). Não houve diferença na prevalência de função retardada do enxerto - DGF - (62,9% no DCP vs. 70,8% no DCE; p = 0,44) nos dois grupos. Os transplantes com DCE apresentaram uma taxa de filtração glomerular (TFG) significativamente inferior aos 12 meses (56,8 ± 26,9 vs. 76,9 ± 23,7; p = 0,001). A sobrevida dos pacientes em 1 ano foi significativamente inferior no grupo de DCE, mas não houve diferença na sobrevida dos enxertos após exclusão de perdas por óbito com rim funcionante.

Conclusão:

O grupo com DCE associou-se com níveis significativamente mais baixos de TFG ao longo do primeiro ano de transplante, bem como uma menor sobrevida dos pacientes em 1 ano, quando comparado ao grupo com doador padrão.

Keywords : função retardada do enxerto; sobrevivência de enxerto; taxa de sobrevida; transplante de rim.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )