SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Nível da tolerância de sementes esverdeadas em lotes de sementes de soja após armazenamentoHidratação de sementes de cenoura em função do potencial hídrico da solução e do método de condicionamento índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Sementes

versão impressa ISSN 0101-3122

Resumo

STOCKMAN, Ana Lúcia; BRANCALION, Pedro Henrique Santin; NOVEMBRE, Ana Dionisia da Luz Coelho  e  CHAMMA, Helena Maria Carmignani Pescarin. Sementes de ipê-branco (Tabebuia roseo-alba (Ridl.) Sand. - Bignoniaceae): temperatura e substrato para o teste de germinação. Rev. bras. sementes [online]. 2007, vol.29, n.3, pp.139-143. ISSN 0101-3122.  https://doi.org/10.1590/S0101-31222007000300016.

A pesquisa avaliou a temperatura e o substrato para o teste de germinação das sementes de ipê-branco (Tabebuia roseo-alba (Ridl.) Sand.). Em mesa termogradiente, foram avaliados 11 intervalos de temperatura entre 15°C e 35°C, sob oito horas de fotoperíodo diário. Foram analisados também os substratos papel (sobre papel e rolo de papel) e vermiculita (entre vermiculita) sob 30°C e 35°C, em germinadores com oito horas de fotoperíodo diário. As sementes e as plântulas foram avaliadas diariamente, considerando os critérios indicados nas regras para análise de sementes, e calculados a porcentagem e o índice de velocidade de germinação. A temperatura e o substrato interferem na germinação das sementes de ipê-branco; a condição mais favorável para o teste de germinação dessas sementes é 30°C em substrato papel.

Palavras-chave : Sementes florestais; análise de sementes; viabilidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons