SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1Avaliação da viabilidade e do vigor de sementes de pepino pelo teste de tetrazólioQualidade física, viabilidade e dormência de sementes recém-colhidas de capim-gordura (Melinis minutiflora P. Beauv.) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Sementes

versão impressa ISSN 0101-3122

Resumo

SILVA, Josué Bispo da  e  VIEIRA, Roberval Daiton. Deterioração controlada em sementes de beterraba. Rev. bras. sementes [online]. 2010, vol.32, n.1, pp.69-76. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222010000100008.

O uso de testes de vigor é fundamental na avaliação do potencial fisiológico de sementes produzidas e comercializadas. O trabalho foi realizado com o objetivo de estudar o uso do teste de deterioração controlada na avaliação do potencial fisiológico de sementes de beterraba. Após lavagem dos frutos contendo as sementes em água corrente, oito lotes da cultivar Top Tall Early Wonder foram previamente avaliados pelos testes de germinação e de emergência de plântulas (EP). Para o ajuste do teor de água (TA) foram estudados os métodos de atmosfera úmida (AU) e substrato úmido (SU). O teste de deterioração controlada (DC) foi conduzido com 22 e 24% de água e exposição durante 12, 24 e 36 horas à temperatura de 45 ºC. Usou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com oito repetições de 25 sementes, exceto o de EP, conduzido com quatro repetições de 50 sementes. Os dados foram analisados separadamente para cada combinação TA x períodos de deterioração e as médias comparadas usando-se o teste de Tukey (P<0,05). Análises de correlação simples foram estabelecidas entre os resultados dos testes de laboratório e a EP. O ajuste do TA de semente deve ser feito pelo método do SU. O teste de DC pode ser utilizado para avaliar o potencial fisiológico de sementes de beterraba, sendo indicada a combinação TA de 22%, a 45ºC, durante 24 horas.

Palavras-chave : Beta vulgaris; germinação; vigor; emergência de plântulas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons