SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número51Inovação educacional no século XIX: a construção do currículo da escola primária no BrasilCivilização e cultura: paradigmas da nacionalidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262versão On-line ISSN 1678-7110

Resumo

MOURA, Denise A. Soares de. Café e educação no século XIX. Cad. CEDES [online]. 2000, vol.20, n.51, pp.29-49. ISSN 1678-7110.  https://doi.org/10.1590/S0101-32622000000200003.

Propostas educativas ocuparam cafeicultores e autoridades municipais, provinciais e policiais na segunda metade do século XIX. Com a crise nas relações escravistas, insistiam na necessidade de se educar as camadas sociais pobres e livres, os ingênuos, os forros e libertos para o trabalho, mas aquele se firmava sob as exigências da economia cafeeira. A preocupação maior se deu com as crianças, com os pobres e escravos, propondo-se a criação de escolas agrícolas para educá-las no trabalho disciplinado nas grandes propriedades. As tensões, os limites e as conseqüências desse movimento para as relações sociais e humanas são discutidos neste texto.

Palavras-chave : Sociedade cafeeira; educação agrícola; escravidão; relações sociais; trabalho.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons