SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número77Pesquisa em educação ambiental: panorama da produção brasileira e alguns de seus dilemasEducadores ambientais nas escolas: as redes como estratégia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262versão On-line ISSN 1678-7110

Resumo

VASCONCELLOS, Hedy Silva Ramos de; SPAZZIANI, Maria de Lourdes; GUERRA, Antonio Fernando Silveira  e  FIGUEIREDO, João Batista de Albuquerque. Espaços educativos impulsionadores da educação ambiental. Cad. CEDES [online]. 2009, vol.29, n.77, pp.29-47. ISSN 1678-7110.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622009000100003.

A educação ambiental (EA) vem-se expandindo no Brasil em diversos espaços educativos formais e não-formais. Este texto considera a EA provocadora de mudanças políticas, estimuladora de uma racionalidade ética e ecológica e promovedora de atitudes e valores pessoais e de práticas sociais compatíveis com a sustentabilidade da vida na Terra. Sob esta visão, o artigo tem como objetivo refletir sobre a expansão da educação ambiental nas universidades brasileiras, nos últimos vinte anos; discutir as possíveis mudanças educacionais das políticas públicas da área, a partir da Constituição de 1988; considerar a possível influência das forças dos movimentos sociais da sociedade organizada e das redes de EA locais, regionais e nacionais formadas com a generalização do uso da informática, como impulsionadora da sua expansão. A EA se constitui e se formaliza com o respaldo de uma política nacional que propicia sua permanência e aprofundamento nos espaços já conquistados e promove sua inserção nos demais contextos da sociedade organizada.

Palavras-chave : Educação ambiental; Universidade; Políticas públicas; Redes; Movimentos sociais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons