SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número93A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM MOÇAMBIQUE: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão On-line ISSN 1678-7110

Resumo

CAIADO, Katia Regina Moreno; GONCALVES, Taísa Grasiela Gomes Liduenha; TELLES, Rute T. Gaido  e  MACALLI, Ana Carolina. DEFICIÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL: O RECENTE CAMINHO PARA A ESCOLA. Cad. CEDES [online]. 2014, vol.34, n.93, pp.241-260. ISSN 1678-7110.  https://doi.org/10.1590/S0101-32622014000200007.

Desde a Constituição de 1988, as pessoas com deficiência têm direito a receber um salário mínimo ao comprovarem não possuir meios de prover a própria manutenção - direito regulamentado como Benefício de Prestação Continuada (BPC), em 1993. Em 2007, divulgou-se que 79% dos beneficiários em idade escolar não frequentavam escola, o que gerou um programa de trabalho interministerial, o BPC na Escola. Em 2010 foi divulgado o Catálogo de Experiências Municipais do Programa BPC na Escola, com relatos de vinte municípios das cinco regiões do país que implementaram o Programa. O objetivo deste estudo é analisar o impacto do Programa nas matrículas de alunos com necessidades educacionais especiais, nos microdados do Censo Escolar, no período de 2007 a 2012. Os resultados revelam que houve significativo aumento de matrículas de alunos com necessidades educativas especiais, com destaque às matriculas de alunos com deficiência.

Palavras-chave : Educação especial; Desigualdade social; Programas sociais..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )