SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número102A VIDA COTIDIANA E AS BRINCADEIRAS NO PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINFÂNCIA, TEMPO E ESCOLARIZAÇÃO: APROXIMAÇÕES SOBRE O TEMA NO BRASIL E NA ARGENTINA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262versão On-line ISSN 1678-7110

Resumo

CRUZ, Maria Nazaré da. EDUCAÇÃO INFANTIL E AMPLIAÇÃO DA OBRIGATORIEDADE ESCOLAR: IMPLICAÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO CULTURAL DA CRIANÇA. Cad. CEDES [online]. 2017, vol.37, n.102, pp.259-276. ISSN 1678-7110.  https://doi.org/10.1590/cc0101-32622017173587.

Este texto discute algumas decorrências das políticas de ampliação da obrigatoriedade escolar para a educação infantil e suas relações com o ensino fundamental, visando a problematizar implicações dessas políticas para o desenvolvimento cultural da criança, a partir da psicologia histórico-cultural. Argumenta que a extensão da escolaridade obrigatória tem consequências importantes para os modos de viver a infância e, se não for acompanhada das condições necessárias ao aprimoramento da qualidade da educação, acaba por negar possibilidades de desenvolvimento às crianças brasileiras.

Palavras-chave : Educação infantil; Obrigatoriedade escolar; Desenvolvimento infantil; Psicologia histórico-cultural.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )