SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42Fatores etiológicos e prevalência de lesões bucofaciais em surfistas de FortalezaPerfil sociodemográfico de praticantes de handebol em cadeira de rodas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

COSTA, Gustavo de Conti Teixeira et al. Análise do ataque do jogador de ponta no voleibol brasileiro masculino. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2020, vol.42, e2003.  Epub 15-Maio-2020. ISSN 2179-3255.  https://doi.org/10.1016/j.rbce.2018.07.003.

Este estudo objetivou identificar e analisar as chances de ocorrerem os efeitos dos ataques feitos pelos atacantes de ponta, a partir das posições 4 e 6, no side-out, segundo o efeito da recepção, tempo de ataque e o tipo de ataque. Foram analisados 142 jogos da Superliga Masculina 2014-2015, total de 6.185 ações de ataque. Os pontos de ataque foram predominantes após as recepções de excelente qualidade e os ataques potentes. Houve diferença no efeito da recepção, tipo de ataque e efeito do ataque, segundo o local da finalização (x2=33,68; p<0,001). Os ataques de ponta se caracterizaram por serem feitos após recepções que permitem o ataque organizado e pela potência do ataque. O local de ataque mostrou-se como diferenciador do tipo de ataque feito, sugeriu que as restrições ambientais exigem do atacante de ponta comportamento distinto em função do local da finalização.

Palavras-chave : Voleibol masculino; Efeito do ataque; Ataque de ponta; Análise de jogo.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )