SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42A emergência e a disseminação do futebol na cidadede Rio Grande/RS: uma análise a partir do jornal Echodo Sul (1900-1916)Hydration status, sweating rate, heart rate and perceived exertion after running sessions in different relative humidity conditions: a randomized controlled trial índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

SANTOS, Raynara Fonsêca dos; FREITAS JUNIOR, William Monteiro de  e  ARAUJO, Rogério Olmedija de. Avaliação do índice de fadiga muscular de flexores e extensores de joelho em indivíduos ativos e sedentários. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2020, vol.42, e2008.  Epub 15-Maio-2020. ISSN 2179-3255.  https://doi.org/10.1016/j.rbce.2018.10.002.

Objetivo:

Avaliar a fadiga muscular de flexores e extensores de joelho em indivíduos ativos e sedentários.

Metodologia:

Foram aplicados o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), Questionário de Prontidão para Atividade Física (PAR-Q) e exame clínico funcional, a fim de garantir a segurança durante a dinamometria isocinética, executada em três séries de cinco repetições dos movimentos de flexão e extensão do joelho, nas velocidades 120º/s, 180º/s e 240º/s.

Resultados:

Indivíduos sedentários obtiveram maior índice de fadiga, essa diferença foi significativa nos isquiotibiais esquerdos.

Conclusão:

É importante determinar o índice de fadiga, uma vez que a fatigabilidade da musculatura interfere diretamente no desempenho muscular e no aparecimento de lesões.

Palavras-chave : Joelho; Fadiga; Músculo quadríceps; Músculos isquiotibiais.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )