SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue3Capital mobility in developing countries: evidence from panel dataExcesso de incentivos à inovação na presença de consumidores sofisticados: um modelo de progresso tecnológico endógeno com capital humano author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Estudos Econômicos (São Paulo)

Print version ISSN 0101-4161On-line version ISSN 1980-5357

Abstract

SCORZAFAVE, Luiz Guilherme  and  MENEZES-FILHO, Naércio Aquino. Famílias com trabalho e famílias sem trabalho: evidências de polarização para o Brasil. Estud. Econ. [online]. 2007, vol.37, n.3, pp.563-584. ISSN 1980-5357.  https://doi.org/10.1590/S0101-41612007000300005.

O presente artigo analisa a polarização do trabalho entre domicílios no Brasil. Definimos polarização como a diferença entre a proporção observada de domicílios sem nenhum adulto trabalhando e a proporção que seria esperada caso o trabalho fosse aleatoriamente distribuído na população. Calculamos uma série de medidas de polarização para o Brasil utilizando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para os anos de 1981 a 2003. Os resultados mostram que no Brasil a polarização do trabalho é menor do que nos países desenvolvidos para os quais ela foi calculada. Por outro lado, houve crescimento da polarização no período, em decorrência do aumento da fração de domicílios em que os dois adultos presentes não trabalhavam.

Keywords : polarização; trabalho; Brasil; desemprego.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License