SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42HISTÓRIAS DE MULHERES MILITANTES NA PERSPECTIVA DOS(AS) FILHOS(AS): (DES)ENGAJAMENTOS POLÍTICOSDEMANDAS, ÁREAS E FRONTEIRAS NA PARTICIPAÇÃO DOS ESTUDANTES EM ESCOLAS SECUNDÁRIAS NA CIDADE DE BUENOS AIRES índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação & Sociedade

versão On-line ISSN 1678-4626

Resumo

GROPPO, Luís Antonio  e  OLIVEIRA, Mara Aline. OCUPAÇÕES SECUNDARISTAS EM MINAS GERAIS: SUBJETIVAÇÃO POLÍTICA E TRAJETÓRIAS. Educ. Soc. [online]. 2021, vol.42, e240770.  Epub 03-Fev-2021. ISSN 1678-4626.  https://doi.org/10.1590/es.240770.

São analisadas, por meio de entrevistas semiestruturadas, as experiências de catorze estudantes nas ocupações secundaristas em Minas Gerais, em 2016, enfatizando como a dimensão educacional desse movimento afetou as suas trajetórias políticas. A ocupação pode ser considerada um processo de subjetivação política, conforme Jacques Rancière, em que a ativa participação política em uma ação coletiva de grande impacto formativo acionou processos de desidentificação em relação a tradicionais papéis sociais, em especial os de adolescente, estudante e mulher. Apesar de ser constatado que houve poucos engajamentos efetivos em organizações políticas, verifica-se a prontidão para a participação política e a conversão das experiências da ocupação em práticas definidas como progressistas no cotidiano.

Palavras-chave : Ocupações; Estudantes do Ensino Médio; ubjetivação política.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )