SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Participation in the non-agricultural sector in rural Mexico: a gender perspectiveBaixada Fluminense as demographic void? Population and territory in the old municipality of Iguaçu (1890/1910) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Estudos de População

Print version ISSN 0102-3098On-line version ISSN 1980-5519

Abstract

BARBOSA, Lara de Melo; NORONHA, Kenya; SPYRIDES, Maria Helena Constantino  and  ARAUJO, Cristiane Alessandra Domingos de. Qualidade de vida relacionada à saúde dos cuidadores formais de idosos institucionalizados em Natal, Rio Grande do Norte. Rev. bras. estud. popul. [online]. 2017, vol.34, n.2, pp.391-414.  Epub June 26, 2017. ISSN 1980-5519.  https://doi.org/10.20947/s0102-3098a0004.

O Brasil vem experimentando um processo de envelhecimento populacional que impõe desafios para atender às necessidades dos idosos, especialmente os dependentes funcionais. Nesse cenário, as instituições de longa permanência para idosos (ILPI) podem ser importantes para prover auxílio e amparo a esse grupo populacional e seus familiares. O objetivo desse estudo é caracterizar o perfil do cuidador de idosos institucionalizados em ILPI, abordando especificamente a qualidade de vida relacionada à saúde mensurada pelo instrumento SF-36. Foi também analisado o perfil sociodemográfico e ocupacional desses indivíduos. Os dados provêm de uma pesquisa realizada em 2012 entre os cuidadores formais ocupados em 11 das 12 ILPI cadastradas em Natal, RN. Foram entrevistados 92 cuidadores formais, representando 68% do universo desse grupo ocupacional. Realizaram-se análises descritivas do perfil do cuidador, distinguindo-se por natureza da ILPI (filantrópica ou privada), bem como testes estatísticos para verificar se as diferenças segundo a natureza das instituições eram significativas. A maior perda de saúde foi observada para o domínio “estado de saúde geral”, seguido pelos domínios vitalidade e de dor, definidos pelo SF-36. A perda de saúde pode refletir, em certa medida, a sobrecarga de trabalho imposta aos cuidadores, em relação tanto à jornada de trabalho como ao elevado número de idosos sob a responsabilidade de cada cuidador. Não foram observadas diferenças significativas na qualidade de vida relacionada à saúde segundo natureza das instituições.

Keywords : Envelhecimento; Cuidador formal de idosos; Instituições de longa permanência para idosos; SF-36; Qualidade de vida relacionada à saúde.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )