SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número6Avaliação da concordância de dados clínicos e demográficos entre Autorizações de Procedimento de Alta Complexidade Oncológica e prontuários de mulheres atendidas pelo Sistema Único de Saúde no Estado do Rio de Janeiro, BrasilSaúde infantil em áreas pobres das regiões Norte e Nordeste do Brasil: comparando indicadores básicos em áreas atendidas pela Pastoral da Criança e áreas-controle índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

PERES, Frederico; ROZEMBERG, Brani  e  LUCCA, Sérgio Roberto de. Percepção de riscos no trabalho rural em uma região agrícola do Estado do Rio de Janeiro, Brasil: agrotóxicos, saúde e ambiente. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.6, pp.1836-1844. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2005000600033.

O presente trabalho objetivou a aplicação de uma abordagem antropológica de diagnóstico rápido da percepção de riscos no trabalho rural. O estudo foi realizado na região da Microbacia do Córrego do São Lourenço, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil. A metodologia aplicada esteve baseada em: observações participantes na localidade; entrevistas semi-estruturadas com 24 informantes-chave, selecionados entre os produtores rurais da região (aproximadamente 120); e avaliação do processo de trabalho local. A análise dos dados desvelou uma série de questões relacionadas com a percepção de riscos da população estudada, incluindo o desenvolvimento de estratégias de defesa frente aos perigos vivenciados no trabalho, a importância da comunicação na construção dos referenciais de risco entre os trabalhadores, as respostas subjetivas frente a situações de potencial dano à saúde e o papel da percepção individual e coletiva dos riscos na determinação da exposição a produtos químicos perigosos, sobretudo os agrotóxicos. Os resultados apontaram para a importância das análises de percepção de riscos no processo de construção de estratégias de intervenção no meio rural, sobretudo políticas e campanhas educativas e de comunicação de riscos.

Palavras-chave : Praguicidas; Saúde Ocupacional; Risco; População Rural.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons