SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número12Fatores associados à necessidade subjetiva de tratamento odontológico em idosos brasileirosParticipação da população no controle da dengue: uma análise da sensibilidade dos planos de saúde de municípios do Estado de São Paulo, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

ABREU, Daisy Maria Xavier de; CESAR, Cibele Comini  e  FRANCA, Elisabeth Barboza. Diferenciais entre homens e mulheres na mortalidade evitável no Brasil (1983-2005). Cad. Saúde Pública [online]. 2009, vol.25, n.12, pp.2672-2682. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2009001200014.

O objetivo do estudo foi analisar a mortalidade de homens e mulheres em municípios brasileiros entre 1983 e 2005, segundo três grupamentos de causas de morte evitáveis: evitáveis por diagnóstico e tratamento precoce, evitáveis por melhoria no tratamento e na atenção médica e doença isquêmica do coração. A associação entre a mortalidade evitável e as variáveis selecionadas foi realizada usando-se o modelo de regressão binomial negativa. Avaliou-se a magnitude da incidência das causas evitáveis na esperança de vida por meio da técnica de tábua de mortalidade de múltiplo decremento. Os homens apresentaram um risco maior de morrer em relação às mulheres para os grupos de causas evitáveis estudados, após controle de variáveis selecionadas. O ganho na esperança de vida ao nascer é sempre maior para as mulheres, com um aumento de até 5 anos para elas, ao eliminar as causas evitáveis por diagnóstico e tratamento precoce. Deve-se avançar na análise de fatores relacionados à questão de gênero, que podem estar associados ao risco diferenciado de morte entre os sexos.

Palavras-chave : Mortalidade; Causas de Morte; Homens; Mulheres.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons