SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número3Prevalência de transtornos psiquiátricos menores em trabalhadores da atenção primária à saúde das regiões Sul e Nordeste do BrasilArticulação da indústria farmacêutica brasileira com o exterior: há evidências de especialização regressiva? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

BARRETO, Jorge Otávio Maia; NERY, Inez Sampaio  e  COSTA, Maria do Socorro Candeira. Estratégia Saúde da Família e internações hospitalares em menores de 5 anos no Piauí, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.3, pp.515-526. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012000300012.

Internações hospitalares por algumas condições de saúde podem ser reduzidas por uma atenção primária oportuna e com qualidade, especialmente na população infantil. Analisou-se a evolução das internações hospitalares de menores de 5 anos no Piauí, Brasil, de 2000 a 2010, segundo grupos de causas (CID-10) e das internações de 2010, com base na lista brasileira de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária. O objetivo foi identificar mudanças no perfil de morbidade hospitalar e discutir sua relação com a expansão da ESF no estado. O Piauí apresentou a maior expansão proporcional da ESF, alcançando a cobertura estimada de 97,2%, em 2010. No período de 2000 a 2010, a frequência e as taxas de internações em menores de 5 anos foram reduzidas, porém, a proporção de hospitalizações nos principais grupos de causas se manteve ou aumentou, ao longo da década analisada. Em 2010, 60% das internações em menores de 5 anos foram por causas sensíveis à atenção primária, em especial gastrenterites infecciosas, infecções respiratórias e asma.

Palavras-chave : Atenção Primária à Saúde; Hospitalização; Saúde da Criança.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons