SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Da atenção primária à hospitalização: sinais clínicos de alarme para dengue grave em crianças e adolescentes durante uma epidemia no Rio de Janeiro, BrasilA elaboração participativa de indicadores para a avaliação em saúde mental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

VELOSO, Helma Jane Ferreira et al. Tendência secular da taxa de baixo peso ao nascer nas capitais brasileiras de 1996 a 2010. Cad. Saúde Pública [online]. 2013, vol.29, n.1, pp.91-101. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2013000100011.

A tendência secular da taxa de baixo peso ao nascer de 1996 a 2010 nas capitais brasileiras foi avaliada utilizando-se modelos de regressão joinpoint. As taxas foram calculadas a partir do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, excluindo-se recém-nascido com peso < 500g. Foram incluídos apenas dados das capitais, onde o sub-registro é menor e novas tendências podem ser detectadas mais precocemente. A taxa de baixo peso ao nascer aumentou significantemente nas capitais brasileiras das regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste até 2003/2004, tendo se estabilizado a partir de então. Nas capitais da Região Centro-oeste a taxa aumentou ao longo de todo o período. A taxa de baixo peso ao nascer foi maior nas capitais das regiões mais desenvolvidas. A taxa de partos múltiplos aumentou significantemente nas capitais brasileiras. A taxa de natimortalidade diminuiu e apresentou correlação negativa com a taxa de baixo peso ao nascer. Parte do aumento na taxa de baixo peso ao nascer pode ser explicado pelo aumento na taxa de nascimentos múltiplos e pelo nascimento de recém-nascido pesando de 500g a 999g e pela redução da taxa de natimortalidade.

Palavras-chave : Recém-Nascido de Baixo Peso; Natimorto; Prole de Múltiplos Nascimentos.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons