SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Fatores associados ao uso regular de cigarros por adolescentes estudantes de escolas públicas de Londrina, Paraná, BrasilO uso de substâncias e o risco sexual entre adolescentes em situação de risco social em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

COUTINHO, Carolina Fausto de Souza et al. Investigação entomoepidemiológica da doença de Chagas no Estado do Ceará, Nordeste do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2014, vol.30, n.4, pp.785-793. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00176512.

A presença de triatomíneos e a soroprevalência da infecção chagásica humana foram investigadas em uma localidade rural do Estado do Ceará, Brasil, região endêmica histórica da doença de Chagas. Os triatomíneos foram pesquisados nos domicílios, nos períodos de seca e de chuva. A soroprevalência encontrada no período foi de 1,2%, maior entre pessoas com mais de 50 anos de idade, e sem diferença significativa em relação ao sexo. Foram capturados 761 espécimes de triatomíneos, em colônias compostas de ninfas e insetos adultos, com predominância de Triatoma brasiliensis, especialmente no período de seca. O exame do conteúdo intestinal dos insetos revelou que 28,6% eram Trypanosoma cruzi positivos. Os resultados sugerem que os abrigos de animais e armazenamento inadequado de materiais no peridomicílio, particularmente amontoados de madeiras, bem como moradias desabitadas, contribuem para o alto índice de infestação de triatomíneos na localidade.

Palavras-chave : Triatominae; Vetores de Doenças; Doença de Chagas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )