SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1Orchidaceae from Serra Negra and Serra do Funil, Rio Preto, Minas Gerais, and floristic similarity between grassland and forest formations of BrazilStructure of the Chlorococcales sensu lato (Chlorophyceae) community in different aquatic habitats and hydroperiods author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Botanica Brasilica

Print version ISSN 0102-3306

Abstract

MACHADO, Gisa Eneida Marques; NASSAR, Cristina Aparecida Gomes  and  SZECHY, Maria Teresa Menezes de. Flora ficológica da região sublitorânea rasa de costões rochosos do Núcleo Picinguaba, Parque Estadual da Serra do Mar, Ubatuba, São Paulo. Acta Bot. Bras. [online]. 2011, vol.25, n.1, pp.71-82. ISSN 0102-3306.  https://doi.org/10.1590/S0102-33062011000100010.

Em unidades de conservação da zona costeira, o conhecimento das macroalgas marinhas é essencial para monitoramento e manejo. Para o Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM), Ubatuba, norte do Estado de São Paulo, estudos pretéritos realizados na Enseada da Fazenda listam espécies de macroalgas, coletadas em costões rochosos e manguezais. O presente estudo visou complementar o levantamento taxonômico da flora ficológica marinha do Núcleo Picinguaba, avaliando também a adequação da metodologia para amostragens de suas comunidades de costões rochosos. Foram selecionados 13 pontos de coleta, entre a Ponta da Almada e a Ponta do Cambury, área de maior interferência antropogênica na zona costeira do PESM. No verão de 2007, foram efetuadas coletas de macroalgas, desde a franja da região sublitorânea até o limite do substrato rochoso com a areia. Para uniformizar o esforço amostral, estas buscas foram efetuadas, em cada ponto de coleta, pelo mesmo especialista, durante uma hora de mergulho em apnéia, em uma extensão horizontal do costão rochoso de cerca de 20 m. Foram identificados 128 táxons de categoria infragenérica (80 Rhodophyta, 22 Ochrophyta e 26 Chlorophyta). Callithamniella flexilis Baardseth, Cryptonemia seminervis (C. Agardh) J. Agardh, Cladophora pseudorupestris C. Hoek e Cladophora cf. pygmaea Reinke são ocorrências novas para o litoral do Estado de São Paulo, tendo sido descritas e ilustradas. Foram acrescentadas 64 espécies de macroalgas para os costões rochosos do PESM. O esforço amostral foi considerado adequado, resultando na identificação de número de espécies de macroalgas similar ao de outros estudos realizados no litoral norte do estado de São Paulo e no extremo sul do estado do Rio de Janeiro. Para o monitoramento da zona costeira desta unidade de conservação, recomenda-se o levantamento taxonômico das macroalgas dos costões rochosos de modo continuado, durante o período de verão de anos sucessivos, seguindo a mesma metodologia aqui descrita.

Keywords : macroalgas; levantamento florístico; unidade de conservação; costões rochosos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License