SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número63Mobilizações homossexuais e estado no Brasil: São Paulo (1978-2004) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909versão On-line ISSN 1806-9053

Resumo

FRANCOZO, Mariana. Os outros alemães de Sérgio: etnografia e povos indígenas em Caminhos e fronteiras. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2007, vol.22, n.63, pp.137-152. ISSN 1806-9053.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092007000100011.

O presente artigo analisa a presença da etnografia, especialmente em sua vertente alemã, em parte da obra do historiador Sérgio Buarque de Holanda. Para isso, aborda-se o livro Caminhos e fronteiras (1957), coletânea de ensaios escritos na década em que Sérgio Buarque foi diretor do Museu Paulista (1946-1956). O texto divide-se em dois eixos que se entrecruzam: de um lado, como a condição de diretor do Museu propiciou o encontro do autor com a etnologia; de outro, a presença de temas e conceitos caros à etnologia alemã em Caminhos e fronteiras. Assim, pretende-se mostrar como o conhecimento e o contato com a etnografia têm lugar central na interpretação buarqueana sobre a colonização do interior da América Portuguesa.

Palavras-chave : Sérgio Buarque de Holanda; História intelectual; História da antropologia; Cultura material; Etnografia.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons