SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número74Aborto e células-tronco embrionárias na campanha da fraternidade: ciência e ética no ensino da IgrejaRepresentação, Deliberação e estudos legislativos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

CAMARGO, Sílvio. Experiência social e crítica em André Gorz e Axel Honneth. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2010, vol.25, n.74, pp.107-120. ISSN 0102-6909.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092010000300007.

Neste artigo debatemos a centralidade do conceito de experiência em Axel Honneth e André Gorz. Tal centralidade nem sempre é explicitada, mas subjaz às suas formulações teóricas. Em seu livro Reification, Honneth parte de sua teoria do reconhecimento para propor uma elaboração contemporânea do conceito de reificação na forma de esquecimento do reconhecimento. André Gorz, em Metamorfoses do trabalho e O imaterial, adota como ponto de partida as ideias de racionalidade não econômica e intelecto geral, respectivamente, para postular a existência de experiências de um potencial utópico. Em ambos há elementos da categoria adorniana do não idêntico, bem como entrecruzamentos com a fenomenologia de Heidegger e Sartre. Em ambos é recuperado o problema da "experiência" para os debates em teoria crítica.

Palavras-chave : Experiência; Teoria crítica; Não identidade; Emancipação; Capitalismo.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons