SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número78As falas do medo: convergências entre as cidades do Porto e Rio de JaneiroO projeto pastoral de Edir Macedo: uma igreja benevolente para indivíduos ambiciosos? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

MEDINA, Gabriel. Governança local para manejo florestal na Amazônia. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2012, vol.27, n.78, pp.67-79. ISSN 0102-6909.  https://doi.org/10.1590/S0102-69092012000100005.

Comunidades da Amazônia podem se beneficiar do uso de seus recursos florestais ao estabelecer sistemas de gestão comunitária de acordo com seus interesses e capacidades. Para isso, no entanto, as comunidades enfrentam três desafios principais: desenvolver os sistemas, implementá- los e conseguir seu reconhecimento pela sociedade. Esse estudo realizado na Amazônia boliviana, brasileira e peruana revelou que sistemas comunitários de gestão florestal existentes na Amazônia surgiram a partir tentativas das comunidades de restringir o acesso de atores externos a recursos de interesse local. Relações conflituosas com atores externos levaram à mobilização e à organização das comunidades. Alianças com parceiros influentes, como organizações ambientalistas, ofereceram às comunidades condições de barganhar para ter seus sistemas reconhecidos. Os resultados sugerem que relações autônomas (em contraste com paternalistas) com atores externos são fundamentais para o desenvolvimento local.

Palavras-chave : Sistemas comunitários de gestão florestal; Fronteira amazônica; Movimentos sociais; Desenvolvimento endógeno.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons