SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2A arte é mais forte do que a ciência? O confronto entre expertise de estilo e expertise de ciência em uma querela sobre a autenticidade de uma obra de arte: o caso Sésostris IIISanto Estado, maldito mercado: de certas esquerdas que são direitas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sociedade e Estado

versão impressa ISSN 0102-6992versão On-line ISSN 1980-5462

Resumo

MAIA, João Marcelo Ehlert. A Rússia Americana. Soc. estado. [online]. 2005, vol.20, n.2, pp.427-450. ISSN 1980-5462.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922005000200008.

Este artigo procura analisar interpretações do Brasil assentadas na idéia de que seríamos uma "Rússia Americana". Para tanto, analiso as contribuições de Gilberto Freyre, Otávio Velho e Vicente Licínio Cardoso, e apresento brevemente o caso russo, a partir das obras clássicas de Franco Venturi e Isaiah Berlin. Argumento ao longo do texto que essa percepção de que o Brasil teria uma geografia social "russa" implica a produção de um americanismo específico, que encontra sua maior expressão no pensamento de Vicente Licínio Cardoso e em suas idéias que conjugam fordismo e arielismo.

Palavras-chave : americanismo; Gilberto Freyre; Otávio Velho; Vicente Licínio Cardoso; Franco Venturi; Isaiah Berlin.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons