SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Nebivolol in preventing atrial fibrillation following coronary surgery in patients over 60 years of ageComparative trial of the use of antiplatelet and oral anticoagulant in thrombosis prophylaxis in patients undergoing total cavopulmonary operation with extracardiac conduit: echocardiographic, tomographic, scintigraphic, clinical and laboratory analysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery

Print version ISSN 0102-7638

Abstract

GUIZILINI, Solange et al. Dreno pleural subxifoide confere melhor função pulmonar e resultados clínicos na doença pulmonar obstrutiva crônica após cirurgia de revascularização miocárdica sem circulação extracorpórea: ensaio clínico controlado e randomizado. Rev Bras Cir Cardiovasc [online]. 2014, vol.29, n.4, pp.588-594. ISSN 0102-7638.  https://doi.org/10.5935/1678-9741.20140047.

Objetivo:

Avaliar a função pulmonar e os resultados clínicos em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica grave submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea, com enxerto da artéria torácica interna esquerda, comparando a inserção do dreno pleural intercostal versus subxifoide.

Métodos:

Estudo clínico, controlado e randomizado. Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica foram randomizados em dois grupos de acordo com a posição do dreno pleural: grupo II (n=27) - dreno pleural intercostal; grupo IS (n=29) - dreno pleural na região subxifóide. Os valores espirométricos (Capacidade Vital Forçada e Volume expiratório forçado no 1 segundo) foram obtidos no pré-operatório, e no 1º, 3º e 5º dias de pós-operatório. Foi realizada radiografia de tórax no préoperatório até o 5º dia pós-operatório (5PO) para monitoração de eventos respiratórios, como atelectasia e derrame pleural. A fração de shunt pulmonar e a escala de dor foram avaliadas no 1º dia pós-operatório.

Resultados:

Em ambos os grupos houve queda significativa dos valores espirométricos (Capacidade Vital Forçada e Volume expiratório forçado no 1 segundo) até o 5PO (P<0.05), porém, quando comparados, o grupo IS apresentou menor queda destes parâmetros (P<0.05). A fração de shunt pulmonar foi significativamente menor no grupo IS (P<0.05). Os eventos respiratórios, escala da dor, tempo de intubação orotraqueal e dias internação hospitalar no pós-operatório foram menores no grupo IS (P<0.05).

Conclusão:

Drenagem pleural subxifoide em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica grave determinou melhor preservação e recuperação dos volumes e capacidades pulmonares, com menor fração de shunt pulmonar e melhores resultados clínicos no pós-operatório precoce de cirurgia de revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea.

Keywords : Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica; Testes de Função Respiratória; Ponte de Artéria Coronária sem Circulação Extracorpórea.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )