SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue2The Kantian Cosmopolitanism: Universalizing the EnlightenmentThe European Union Actorness in the Eastern Neighbourhood: The Case of Ukraine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Contexto Internacional

Print version ISSN 0102-8529

Abstract

SANTOS, Leandro Teixeira dos  and  MILAN, Marcelo. Determinantes dos Investimentos Diretos Externos Chineses: Aspectos Econômicos e Geopolíticos. Contexto int. [online]. 2014, vol.36, n.2, pp.457-486. ISSN 0102-8529.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-85292014000200005.

A China tornou-se em 1993 o principal receptor de Investimentos Diretos Externos (IDEs) entre os países em desenvolvimento, e até 2014 será a principal origem desses investimentos no mundo de acordo com a UNCTAD (2012a). O objetivo deste artigo é estudá-la enquanto origem de fluxos de IDEs com possíveis determinantes geopolíticos. A partir de uma revisão da literatura, sugere-se que as principais teorias da internacionalização de empresas não conseguem explicar completamente os IDEs quando estes podem estar sendo influenciados por aspectos geopolíticos. Argumenta-se, então, que a Teoria Eclética da internacionalização pode preencher esta lacuna, caso incorpore como determinantes dos IDEs objetivos nacionais como a busca de poder nacional. Este elemento adicional possibilitaria caracterizar os IDEs chineses como instrumentos para a consecução de objetivos geopolíticos.

Keywords : China; IDEs; Internacionalização; Geopolítica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )