SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número3Avaliação antropométrica de pacientes pediátricos com encefalopatia crônica não progressiva segundo diferentes métodos de classificaçãoAssociação de índice de massa corporal e aptidão física aeróbica com fatores de risco cardiovascular em crianças índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Paulista de Pediatria

versão impressa ISSN 0103-0582

Resumo

RAMIRES, Elyssia Karine Nunes Mendonça et al. Estado nutricional de crianças e adolescentes de um município do semiárido do Nordeste brasileiro. Rev. paul. pediatr. [online]. 2014, vol.32, n.3, pp.200-207. ISSN 0103-0582.  https://doi.org/10.1590/0103-0582201432309.

Objetivo:

Avaliar o estado nutricional dos escolares de um município do semiárido nordestino.

Métodos:

Estudo transversal de crianças e adolescentes de 5-19 anos, matriculados em três escolas da rede pública de ensino do município. A população inicial foi composta por 1.035 crianças e adolescentes matriculados na rede, sendo excluídos 175 alunos (17%) por inconsistência de dados antropométricos, resultando 860 estudantes. Foram consideradas como variáveis desfechos, o deficit estatural (desnutrição) e o sobrepeso e obesidade (excesso de peso), sendo utilizados os índices altura/idade e o índice de massa corporal/ idade (IMC/idade), respectivamente. Foram considerados com deficit estatural crianças e adolescentes com altura <-2 desvios-padrão e, com sobrepeso e obesidade, escore z do peso ≥1. A análise estatística foi descritiva.

Resultados:

A prevalência de deficit estatural e a de sobrepeso/obesidade foi 9,1% e 24,0%, respectivamente. O excesso de peso e o deficitestatural foi maior nos adolescentes maiores de 15 anos. Em relaçao ao sexo, a desnutriçao apresentou-se de forma similar, e o excesso de peso acometeu mais os do sexo feminino.

Conclusões:

Os resultados revelaram que o excesso de peso, aqui representados pelo somatório das duas condições - sobrepeso/obesidade -, apresentou maior prevalência que o deficit estatural (desnutrição), deixando clara a necessidade da atenção a esse problema para viablizar intervenções que contribuam com a melhoria do estado Nutricional de escolares.

Palavras-chave : Criança; Adolescente; Avaliação nutricional; Antropometria.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )