SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número1Introdução de refrigerantes e sucos industrializados na dieta de lactentes que frequentam creches públicasInatividade física e medidas antropométricas em escolares de Paranavaí, Paraná, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Paulista de Pediatria

versão impressa ISSN 0103-0582

Resumo

PASSOS, Darlise Rodrigues dos; GIGANTE, Denise Petrucci; MACIEL, Francine Villela  e  MATIJASEVICH, Alicia. Comportamento alimentar infantil: comparação entre crianças sem e com excesso de peso em uma escola do município de Pelotas, RS. Rev. paul. pediatr. [online]. 2015, vol.33, n.1, pp.42-49. ISSN 0103-0582.  https://doi.org/10.1016/j.rpped.2014.11.007.

OBJETIVO:

Avaliar diferenças no comportamento alimentar infantil em função do estado nutricional, do sexo e da idade.

MÉTODOS:

O estudo incluiu crianças na faixa de seis a dez anos, de ambos os sexos, de uma escola privada em Pelotas (RS), em 2012. Para avaliar o comportamento alimentar usaram-se as subescalas do questionário Children's Eating Behaviour Questionnaire (CEBQ): resposta à comida (FR), prazer de comer (EF), desejo de beber (DD), sobreingestão emocional (EOE), subingestão emocional (EUE), resposta à saciedade (SR), seletividade (FF) e ingestão lenta (SE). Avaliou-se o estado nutricional por meio do escore-z do IMC/idade.

RESULTADOS:

Participaram 335 crianças de 87,9±10,4 meses. Apresentaram eutrofia 49,3% (n=163), sobrepeso 26% (n=86), obesidade 15% (n=50) e obesidade grave 9,7% (n=32). Crianças com excesso de peso tiveram maior pontuação nas subescalas de "interesse pela comida" (FR, EF, DD, EOE, p<0,001) e menor pontuação nas subescalas de "desinteresse pela comida" (SR e SE, p<0,001 e p=0,003, respectivamente), se comparadas com as crianças com peso adequado. Não foram observadas diferenças no comportamento alimentar segundo sexo e idade.

CONCLUSÕES:

Observou-se que comportamentos alimentares que refletem "interesse pela comida" estão associados positivamente ao excesso de peso, mas não foi encontrada associação com o sexo e a idade da criança.

Palavras-chave : Obesidade; Avaliação nutricional; Comportamento alimentar; Criança.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )