SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Functional performance of school children diagnosed with developmental delay up to two years of ageProfile of patients with genitourinary anomalies treated in a clinical genetics service in the Brazilian unified health system author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582On-line version ISSN 1984-0462

Abstract

RIBEIRO, Maria Estela Bellini; LIBERATORE JUNIOR, Raphael Del Roio; CUSTODIO, Rodrigo  and  MARTINELLI JUNIOR, Carlos Eduardo. Insulinoterapia contínua versus múltiplas injeções de insulina no tratamento da diabetes tipo 1: um estudo longitudinal. Rev. paul. pediatr. [online]. 2016, vol.34, n.1, pp.86-90. ISSN 1984-0462.  https://doi.org/10.1016/j.rppede.2015.06.019.

Objetivo:

Comparar terapia com múltiplas doses de insulina e o sistema de infusão continua de insulina no tratamento da diabetes melito tipo 1.

Métodos:

40 pacientes com diabetes melito tipo 1 (21 mulheres) com idades entre 10 e 20 anos (média=14,2) e duração média do diabetes de sete anos utilizaram múltiplas doses de insulina durante pelo menos seis meses e, depois disso, sistema de infusão continua de insulina por pelo menos seis meses. Todos os pacientes usaram múltiplas doses de insulina e sistema de infusão continua de insulina. Para a análise de HbA1c, níveis médios de hemoglobina glicada (mHbA1c) foram obtidos em cada período de tratamento (múltiplas doses de insulina e sistema de infusão continua de insulina).

Resultados:

Embora os níveis de mHbA1c tenham sido menores com o uso de sistema de infusão continua de insulina a diferença não foi estatisticamente significante. Durante o uso de múltiplas doses de insulina, 14,2% tiveram valores de mHbA1c <7,5% vs. 35,71% quando usando sistema de infusão continua de insulina; demonstrando melhor controle glicêmico com o uso de sistema de infusão continua de insulina. Durante o uso de múltiplas doses de insulina, 15-40 pacientes tiveram eventos hipoglicêmicos graves contra 5–40 com sistema de infusão continua de insulina. Não foram registrados episódios de cetoacidose.

Conclusões:

Esse é o primeiro estudo cujo desenho comparou o uso de múltiplas doses de insulina e sistema de infusão continua de insulina no Brasil, não demonstrando nenhuma diferença significativa nos níveis de HbA1c. Eventos hipoglicêmicos foram menos frequentes com o uso de sistema de infusão continua de insulina do que com múltiplas doses de insulina e a porcentagem de pacientes que obteve um HbA1c <7,5% foi maior com sistema de infusão continua de insulina do que com múltiplas doses de insulina.

Keywords : Diabetes melito tipo 1; Insulina; Sistemas de infusão de insulina; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )