SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38HOW CAN NEW TECHNOLOGIES HELP REDUCE ABSENTEEISM IN PEDIATRIC CONSULTATION?OUTPATIENT ANALYTIC ASSESSMENT OF ANOREXIA NERVOSA — THE IMPORTANCE OF VENOUS BLOOD GASES author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582On-line version ISSN 1984-0462

Abstract

ZANOLLA, Thais Arbocese et al. TRADUÇÃO, ADAPTAÇÃO CULTURAL E EVIDÊNCIA DE VALIDADE DE INSTRUMENTO PARA O EXAME MORFOLÓGICO APLICADO A CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA. Rev. paul. pediatr. [online]. 2020, vol.38, e2018318.  Epub Jan 13, 2020. ISSN 1984-0462.  http://dx.doi.org/10.1590/1984-0462/2020/38/2018318.

Objetivo:

Entre 100 crianças, não selecionadas, com diagnóstico de autismo, pelo menos 20 apresentam anomalias morfológicas, quase sempre associadas a síndromes. Não há no Brasil instrumento de exame físico morfológico padronizado e validado. O objetivo foi traduzir para o português do Brasil e adaptar culturalmente os sinais clínicos descritos no Autism Dysmorphology Measure, assim como procurar evidências de validade quando aplicado a uma amostra de crianças com autismo.

Métodos:

Foram feitas a tradução e a adaptação cultural do instrumento original, publicado na íntegra. Foram adotados os procedimentos tradicionais de tradução, retrotradução e adaptação da terminologia segundo a Nomina Anatomica. Foram incluídas na amostra 62 crianças com quociente de inteligência entre 50 e 69, de ambos os sexos, com idade cronológica entre três e seis anos, provenientes de estudo multicêntrico com os procedimentos metodológicos já publicados. O exame físico morfológico foi realizado por dois médicos geneticistas e consistiu na pesquisa de 82 características que avaliam 12 áreas corporais. Para avaliar a concordância entre os dois observadores foi utilizado o coeficiente Kappa de Cohen.

Resultados:

A versão final do instrumento traduzido e adaptado culturalmente ao português do Brasil mostrou alta concordância entre os dois observadores.

Conclusões:

O instrumento traduzido preenche todos os critérios propostos internacionalmente e o reconhecimento das anomalias menores e sua descrição clínica estão padronizados e são de fácil reconhecimento aos médicos não especialistas em genética.

Keywords : Transtorno do espectro autista; Anormalidades congênitas; Transtornos dismórficos corporais; Exame físico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )