SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue3Tipificação das famílias de oito assentamentos rurais da região de Andradina (SP), com base em diferentes estratégias de produção e comercializaçãoDesempenho da apicultura no estado do Ceará: competitividade, nível tecnológico e fatores condicionantes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Economia e Sociologia Rural

Print version ISSN 0103-2003

Abstract

FIGUEIREDO, Margarida Garcia de; BARROS, Alexandre Lahóz Mendonça de  and  FRIZZONE, José Antônio. Consumo de fertilizantes e produtividade da laranja em São Paulo ao longo das décadas de 1970, 1980 e 1990. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2009, vol.47, n.3, pp.637-650. ISSN 0103-2003.  https://doi.org/10.1590/S0103-20032009000300005.

O Brasil, além de representar sozinho cerca de 80% do total de suco de laranja concentrado e congelado comercializado no mercado internacional, juntamente com os EUA responde por cerca de 50% da produção mundial de laranja. O estado de São Paulo, por sua vez, responde por cerca de 80% da produção nacional de laranja e 98% das exportações brasileiras de suco concentrado. A relevância econômica dessa atividade tem estimulado inúmeras pesquisas no sentido de analisar diversos aspectos relacionados ao sistema de produção da cultura. Dentre os diversos fatores de produção, o fertilizante é um insumo de grande importância para a cadeia citrícola, especialmente na composição dos custos. Dessa forma, o presente estudo procurou estimar o consumo de fertilizantes pela cultura da laranja em São Paulo ao longo das três últimas décadas. Os resultados encontrados foram satisfatórios, seguindo tendência condizente com a realidade do estado. Também foram desenvolvidos modelos teóricos para estimar o consumo dos nutrientes N, K2O e P2O5, em função da produtividade dos pomares. Finamente, foi desenvolvido um modelo teórico de produtividade (caixas/pé) em função da idade do pomar, baseado em estimativas estocásticas de produtividade para cada idade do pomar. Os modelos ficaram bem ajustados, atendendo a todos os requisitos exigidos do ponto de vista econométrico.

Keywords : laranja; fertilizantes; produtividade; São Paulo; modelo econométrico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License