SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 número2Agricultura familiar e mercados atacadistas: dinâmicas sociais da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf/Ceasa) em Recife – PernambucoRural development and family farming in Argentina: an approach to the conjuncture from the state policies índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Economia e Sociologia Rural

versão impressa ISSN 0103-2003versão On-line ISSN 1806-9479

Resumo

MARTINS, Rodrigo Constante  e  MADUREIRA, Gabriel Alarcon. Do “buraco” ao atrativo turístico: uma sociologia da ressignificação do rural. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. 2019, vol.57, n.2, pp.326-338.  Epub 15-Jul-2019. ISSN 1806-9479.  https://doi.org/10.1590/1806-9479.2019.185693.

O objetivo do artigo é discutir as transformações contemporâneas do rural a partir dos fenômenos da ressignificação da natureza e da questão ambiental. O trabalho toma como base um estudo de caso sobre as representações da natureza no município de Brotas, situado na região central do estado de São Paulo. Neste município, a afinidade eletiva entre profissionalização do turismo de aventura, questão ambiental e ressignificação discursiva do rural foi responsável por um importante movimento de transformação da localidade entre 1990 e a primeira década do século XXI. O tema específico a ser discutido neste caso será a criação de um “objeto de natureza” que passou a caracterizar o rural no município – a saber, as cachoeiras, anteriormente estigmatizadas como “buracos” e posteriormente transformadas em atrativos ambientais dotados de valor econômico.

Palavras-chave : ruralidades e meio ambiente; ressignificação do rural; turismo rural e meio ambiente; novas ruralidades.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )