SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 número1-2A ordem carnavalesca índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tempo Social

versão impressa ISSN 0103-2070versão On-line ISSN 1809-4554

Resumo

MARTINS, JOSÉ DE SOUZA. A reprodução do capital na frente pioneira e o renascimento da escravidão no Brasil. Tempo soc. [online]. 1994, vol.6, n.1-2, pp.1-25. ISSN 1809-4554.  https://doi.org/10.1590/ts.v6i1/2.84955.

A acelerada expansão territorial do capital, sobretudo na região amazônica, a partir de meados dos anos sessenta, revigorou ali, mas também em outras regiões do país, a escravidão por dívida ou peonagem. Diversa da escravidão clássica, que no Brasil se firmou no cativeiro do negro, a peonagem recente entre nós é marcada por extrema violência física contra os trabalhadores, em alta proporção culminando com o assassinato daqueles que procuram fugir. A tese do autor é a de que a escravidão por dívida é variação extrema do trabalho assalariado em condições de superexploração, isto é, em condições de mercado em que a exploração do trabalhador é levada ao limite de comprometer sua própria sobrevivência. E de que se dá especialmente quando mecanismos de acumulação primitiva são incorporados no processo de reprodução ampliada do capital.

Palavras-chave : peonagem; trabalho escravo; superexploração; Amazônia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )