SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número47"De veraneo en la playa": pertencimento e o familiar no turismo de massa no MediterrâneoEspaço urbano brasileiro: entre a ditadura e a democracia - o caso de Florianópolis, SC (1964-1990) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Históricos (Rio de Janeiro)

versão impressa ISSN 0103-2186

Resumo

FERNANDEZ, Annelise Caetano Fraga. Um Rio de florestas: uma reflexão sobre o sentido da criação dos parques na cidade do Rio de Janeiro. Estud. hist. (Rio J.) [online]. 2011, vol.24, n.47, pp.141-161. ISSN 0103-2186.  https://doi.org/10.1590/S0103-21862011000100008.

A implantação de uma área protegida é resultado de concepções, projetos e decisões legais que, ao longo de sua existência, delimitam e definem usos para uma realidade natural pré-existente.  O presente trabalho descreve o processo de criação e implantação do Parque Nacional da Tijuca e do Parque Estadual da Pedra Branca, buscando compreender de que forma ambos os parques "dialogam entre si", expressam, em seus territórios e através de representações a eles atribuídas, as marcas de ideários conservacionistas, e assumem novas dimensões simbólicas em interação permanente com o espaço urbano do Rio de Janeiro.

Palavras-chave : espaço e sociedade; florestas urbanas; parques nacionais; políticas ambientais; conservacionismo; Rio de Janeiro.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons