SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número53Controvérsias sobre a pobreza: franciscanos e jesuítas e as estratégias de financiamento das missões no Brasil colonial índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Históricos (Rio de Janeiro)

versão impressa ISSN 0103-2186

Resumo

FRANCO, Renato Júnio. Estud. hist. (Rio J.) [online]. 2014, vol.27, n.53, pp.5-25. ISSN 0103-2186.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21862014000100001.

Ao longo da época moderna, as Santas Casas de Misericórdia foram as principais instituições de auxílio à pobreza do império português. A partir do modelo de Lisboa, organizavam-se estabelecimentos semelhantes do ponto de vista organizacional, que pretendiam exercer a caridade a partir das 14 obras de misericórdia. No entanto, apesar de um ideal universalizante, as Misericórdias eram muito diferentes entre si. Este artigo discute a dinâmica institucional do império, centrando-se no exemplo da América portuguesa entre o século XVI e o início do século XIX.

Palavras-chave : pobreza; caridade; Antigo Regime; assistência; América portuguesa..

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )