SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número61As letras de uma revolução: a implantação da república em Portugal a 5 de outubro de 1910 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Históricos (Rio de Janeiro)

versão impressa ISSN 0103-2186versão On-line ISSN 2178-1494

Resumo

SILVA, Uiran Gebara da. Modelos de rebelião rural e as revoltas rurais do Império Romano Tardio. Estud. hist. (Rio J.) [online]. 2017, vol.30, n.61, pp.311-330. ISSN 2178-1494.  https://doi.org/10.1590/s2178-14942017000200002.

O objetivo deste artigo é verificar a aplicabilidade dos modelos de rebeliões rurais das ciências sociais para a compreensão das rebeliões rurais tardo-romanas. Para isso são descritos e apresentados alguns dos modelos-chave de rebeliões rurais e seus contextos históricos ou antropológicos de pesquisa originais. Nesse sentido, proponho que alguns dos modelos discutidos contribuem efetivamente para a compreensão dos relatos sobre as ações dos bagaudas e dos circunceliões, respectivamente, na Gália e na África tardo-romanas, uma vez que eles articulam as atividades dos bagaudas e dos circunceliões com as condições de vida e de trabalho das comunidades rurais de onde surgiram.

Palavras-chave : revoltas rurais; História Agrária; bagaudas; circunceliões; Império Romano tardio.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )