SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número63BADERNEIROS, ARRUACEIROS, GUERRILHEIROS: UM ACONTECIMENTO NA TRANSIÇÃO DEMOCRÁTICAROTULAÇÃO E SELETIVIDADE POLICIAL: ÓBICES À INSTITUCIONALIZAÇÃO DA DEMOCRACIA NO BRASIL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Históricos (Rio de Janeiro)

versão impressa ISSN 0103-2186versão On-line ISSN 2178-1494

Resumo

FERNANDES, Fernando Roque. CIDADANIZAÇÃO E ETNOGÊNESES NO BRASIL: APONTAMENTOS A UMA REFLEXÃO SOBRE AS EMERGÊNCIAS POLÍTICAS E SOCIAIS DOS POVOS INDÍGENAS NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX. Estud. hist. (Rio J.) [online]. 2018, vol.31, n.63, pp.71-88. ISSN 2178-1494.  https://doi.org/10.1590/s2178-14942018000100005.

Historicamente os povos indígenas têm se articulado na luta por seus direitos frente à comunidade. Muitos grupos, ao usarem estratégias específicas, desenvolveram processos de emergências políticas na luta pelo reconhecimento de suas diferenças. A partir da Constituição de 1988 e devido a importantes fenômenos sociais, muitos grupos passaram a ter seus direitos humanos reconhecidos juridicamente. Acreditamos que as associações e organizações indígenas e pró-indígenas que emergiram a partir da segunda metade do século XX articularam estratégias particulares que resultaram no reconhecimento das especificidades dos povos indígenas frente ao Estado brasileiro. A nosso ver, fenômenos de etnogênese e etnicidade constituem a base do protagonismo indígena na história do Brasil.

Palavras-chave : Protagonismo indígena; Movimentos indígenas; Cidadanização; Século XX.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )