SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número98Estratégias para o desenvolvimento da bioeconomia no estado do AmazonasDinâmica climática e biogeográfica do Brasil no Último Máximo Glacial: o estado da arte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Resumo

BURSZTYN, MARCEL. Energia solar e desenvolvimento sustentável no Semiárido: o desafio da integração de políticas públicas1. Estud. av. [online]. 2020, vol.34, n.98, pp.167-186.  Epub 08-Maio-2020. ISSN 1806-9592.  https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3498.011.

A organização burocrática do Estado obedece a uma lógica de fragmentação setorial, tal como na Academia o conhecimento tende a ser construído segundo recortes disciplinares. A especialização contribui para o melhor equacionamento de desafios, mas pode esbarrar no enfrentamento de problemas complexos que exijam maior integração. Políticas pública setoriais por vezes resultam em jogos de soma zero, quando em interação com outros eixos de intervenção. O presente estudo explora a ideia da integração de políticas sociais, econômicas e ambientais, em torno da questão energética, com foco na região semiárida do Nordeste brasileiro. A partir da abordagem Nexus (que integra as seguranças hídrica, energética e alimentar), que tem no recurso natural água seu eixo central, o estudo propõe a o fomento à geração de energia fotovoltaica por agricultores familiares, como forma de promover sinergias positivas das políticas social, ambiental e econômica.

Palavras-chave : Sustentabilidade; Políticas sociais; Energia solar; Integração de políticas; Abordagem Nexus.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )