SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número especial 3A RELAÇÃO ENTRE TRATADOS DE INVERÇÃO E CONVÊNIOS DE DUPLA TRIBUTAÇÃO: o caso chileno índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Caderno CRH

versão impressa ISSN 0103-4979versão On-line ISSN 1983-8239

Resumo

COSTA, Iraneidson Santos. AMAR E SERVIR NO SUL DA AMÉRICA: origem e articulação dos centros sociais jesuítas. Cad. CRH [online]. 2016, vol.29, n.spe3, pp.171-186. ISSN 1983-8239.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792016000400012.

Desde a Carta de Inácio de Loyola aos Padres e Irmãos de Pádua, de 1547, o Apostolado Social tem se constituído numa das dimensões centrais do carisma da Companhia de Jesus. Tal opção, no entanto, ganhou um relevo maior por ocasião da criação dos chamados Centros de Investigação e Ação Social (CIAS) em diversos países sul-americanos, entre 1950 e 1970. Apoiados em documentação oriunda de diversos arquivos da Companhia de Jesus no Brasil, Itália, México e Paraguai, discutiremos a origem e articulação dos CIAS sul-americanos, inicialmente por intermédio do Secretariado Interamericano de Ação Social (SIAS), logo depois pelo Conselho Latino-Americano dos CIAS (CLACIAS), inserindo-os num contexto fortemente marcado por polarizações ideológicas e políticas. Ao longo do artigo, procuraremos demonstrar a hipótese central de nossa investigação: a trajetória dos CIAS está marcada pela tensão permanente entre duas forças contrapostas: (a) o compromisso com a justiça social e (b) a luta contra o comunismo.

Palavras-chave : Companhia de Jesus; CIAS; Justiça social; Cristianismo de Libertação; América do Sul.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )