SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número80TERRITORIALIDADE E CULTURA ENTRE OS KALUNGA: para além do culturalismo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Caderno CRH

versão impressa ISSN 0103-4979versão On-line ISSN 1983-8239

Resumo

BEZERRA, Gustavo. SINDICALISMO AJUSTADO AO NEOLIBERALISMO: os metalúrgicos do sul fluminense. Cad. CRH [online]. 2017, vol.30, n.80, pp.371-387. ISSN 1983-8239.  https://doi.org/10.1590/s0103-49792017000200010.

A pesquisa investigou a trajetória do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense num período de conquistas, o que permitiu verificar a adoção de padrões neoliberais de comportamento mesmo sob a ausência de processos de precarização. Como resultado, o artigo apresenta um cenário sindical marcado por combatividade e atuação na cena pública da região, mas também eivado de ceticismo ante qualquer ação interlocal e intersindical. Trata-se de um sindicato potente em termos de representação direta de seus afiliados, mas que naturaliza seu viés competitivo contra outras regiões e bases sindicais. Trabalhou-se a hipótese de que a ação sindical teria sido fortemente reconfigurada por dois fatores: pelo ambiente de mobilidade dos capitais e pelo processo de normalização neoliberal dos modos de governar o território. As evidências empíricas foram recolhidas a partir entrevistas com lideranças operárias, produção acadêmica sobre a região, boletins sindicais e material jornalístico.

Palavras-chave : Sindicalismo; Neoliberalismo; Mobilidade dos capitais; Economia Regional; Escalas da ação.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )