SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue1Topical anesthesia in preterm neonate: a reflection on the underutilization in clinical practiceEffects of motor physical therapy in critically ill patients: literature review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Terapia Intensiva

Print version ISSN 0103-507X

Abstract

CAIUBY, Andrea Vannini Santesso; ANDREOLI, Paola Bruno de Araújo  and  ANDREOLI, Sergio Baxter. Transtorno de estresse pós-traumático em pacientes de unidade de terapia intensiva. Rev. bras. ter. intensiva [online]. 2010, vol.22, n.1, pp.77-84. ISSN 0103-507X.  https://doi.org/10.1590/S0103-507X2010000100013.

O transtorno de estresse pós-traumático tem sido descrito em pacientes após tratamento em unidade de terapia intensiva. O objetivo foi revisar estudos sobre os aspectos psicológicos e as intervenções terapêuticas destes pacientes após internação em unidade de terapia intensiva. Trinta e oito artigos foram incluídos. A prevalência de transtorno de estresse pós-traumático variou de 17% a 30% e a incidência de 14% a 24%. Os fatores de risco foram: história prévia de ansiedade, depressão ou pânico, ter memórias traumáticas ilusórias (memórias derivadas de formações psíquicas como sonho e delirium), tempo de ventilação mecânica, experiências estressantes, crenças e comportamentos de característica depressiva. Doses altas de opióides, sintomas na retirada da sedação ou analgesia e o uso de lorazepam foram relacionados ao aumento de delirium e de memória ilusória. A sintomatologia do transtorno pode ser reduzida com a administração de hidrocortisona, com a interrupção diária da sedação e não foram encontrados estudos de efetividade de intervenção psicológica.

Keywords : Transtornos de estresse pós-traumático [psicologia]; Unidades de terapia intensiva; Adulto.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License