SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31Low back pain and disability in military police: an epidemiological studyAcute clinical manifestations in toxic smoke inhalation victims: systematic review of observational studies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Fisioterapia em Movimento

On-line version ISSN 1980-5918

Abstract

PELEGRINI, Andreia et al. Sarcopenia: prevalência e fatores associados em idosos de uma capital brasileira. Fisioter. mov. [online]. 2018, vol.31, e003102.  Epub May 10, 2018. ISSN 1980-5918.  https://doi.org/10.1590/1980-5918.031.ao02.

Introdução:

A sarcopenia tem sido considerada atualmente um problema de saúde pública e afeta uma grande parcela dos idosos, deixando-os mais suscetíveis ao risco de quedas.

Objetivo:

Estimar a prevalência e os fatores associados à sarcopenia em idosos de uma capital brasileira.

Métodos:

Este é um estudo epidemiológico com delineamento transversal envolvendo dados de 439 idosos da cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Os possíveis fatores associados à sarcopenia (sexo, idade, status do peso) foram testados por meio de regressão logística binária, estimando-se a Odds Ratio e os respectivos intervalos de confiança.

Resultados:

A prevalência de sarcopenia foi de 33,3%. As mulheres com mais idade (75 anos ou mais) apresentaram menos massa muscular em relação às outras faixas etárias. Homens idosos, aqueles com 75 anos ou mais e os com baixo peso foram os subgrupos em maior risco de apresentar sarcopenia. Os obesos estiveram menos propensos a apresentar o desfecho.

Conclusão:

Mais de um terço dos idosos foram diagnosticados com sarcopenia. Os homens, aqueles idosos mais velhos e os com baixo peso tiveram maior risco de terem sarcopenia.

Keywords : Envelhecimento; Composição Corporal; Prevalência; Saúde Pública; Sarcopenia.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )