SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31Using the spirometry to indicate respiratory exercises for elderly with Parkinson’s diseaseProfessional training in physiotherapy: barriers to the diversification of practical learning scenarios and for teaching-service integration author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Fisioterapia em Movimento

On-line version ISSN 1980-5918

Abstract

CRUZ, Flávia Galvão; CEDRO, Tainara Adriele Neves; CAMARGO, Samuel Barbosa  and  SA, Kátia Nunes. Perfil cientométrico dos fisioterapeutas cientistas brasileiros. Fisioter. mov. [online]. 2018, vol.31, e003123.  Epub June 07, 2018. ISSN 1980-5918.  https://doi.org/10.1590/1980-5918.031.ao23.

Introdução:

Conhecer o perfil dos cientistas brasileiros é importante para compreender fatores que influenciam os comportamentos dos interessados em desenvolver ciência.

Objetivo:

Delinear o perfil dos Fisioterapeutas doutores pesquisadores brasileiros, docentes permanentes ou colaboradores dos programas de doutorado em Fisioterapia.

Métodos:

Estudo de análise documental com técnicas de Cientometria sobre dados de fisioterapeutas doutores brasileiros docentes de programas de doutorado. Para identificar os profissionais, foram utilizadas as Plataformas Sucupira e Lattes e as áreas de pesquisa foram categorizadas de acordo com o COFFITO. Dados sobre área de pesquisa, número de orientações, publicações e média do fator de impacto (JCR) foram analisados pelo teste ANOVA Oneway (p<0,05) e uma rede de colaboração foi construída com auxílio do software Gephi 0.9.1.

Resultados:

Nove instituições de ensino superior no Brasil possuem doutorado específico em Fisioterapia. Um total de 119 doutores estão vinculados majoritariamente à UFMG (20,2%), UFSCAR (17,6%), UFRN (13,4%) e UNINOVE (10,9%). A mediana de doutores formados pelos docentes foi de 1,0 (0,0 - 6,0) e de publicações foi de publicações no período foi de 4,6 (2,4;8,4). Os principais desenhos de estudo foram observacionais 71 (59,7%) e a principal área de pesquisa foi a neurofuncional 25 (21,0%). A colaboração entre os docentes da UFSCAR e UFMG é consolidada.

Conclusão:

Existem poucos programas de doutoramento específico para Fisioterapeutas no Brasil. Sua maioria se concentra na região sudeste e os docentes pesquisadores apresentam características bastante heterogêneas, relacionadas ao tempo de existência dos programas, à natureza da instituição ou filiação do docente.

Keywords : Cientometria; Fisioterapia; Pesquisa.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )