SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número2Apoio Matricial como articulador das relações interprofissionais entre serviços especializados e atenção primária à saúdeSaúde bucal em usuários da atenção primária: análise qualitativa da autopercepção relacionada ao uso e necessidade de prótese dentária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Physis: Revista de Saúde Coletiva

versão On-line ISSN 1809-4481

Resumo

LIMA, Luciana Portes de Souza  e  RIBEIRO, Mara Regina Rosa. A competência para Educação Permanente em Saúde: percepções de coordenadores de graduações da saúde. Physis [online]. 2016, vol.26, n.2, pp.483-501. ISSN 1809-4481.  https://doi.org/10.1590/S0103-73312016000200008.

Estudo descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa. Teve como objetivo compreender a percepção dos coordenadores de cursos da saúde - Nutrição, Enfermagem, Medicina e Psicologia - sobre Educação Permanente em Saúde (EPS) e identificar quais habilidades, conhecimentos e atitudes compõem essa competência. Abordamos nossos resultados em dois momentos, a saber: 1) Concepções acerca da EPS, e 2) A composição da competência para EPS. Entendemos que os desafios para a incorporação dos princípios da EPS são os mesmos encontrados para a ruptura dos processos tradicionais de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave : educação; educação continuada; educação permanente em saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )