SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3EFICIÊNCIA NA REGENERAÇÃO DE BROTOS E FORMAÇÃO DE PLÂNTULAS DE Cephaelis ipecacuanha EM TRÊS SUBCULTIVOS IN VITROOBTENÇÃO in vitro DE BROTOS DE Begonia rieger COM THIDIAZURON, CINETINA E ÁCIDO NAFTALENO ACÉTICO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

FIETZ, Carlos Ricardo  e  HERNANI, Luis Carlos. UNIFORMIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA EM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO DO TIPO CONVENCIONAL. Cienc. Rural [online]. 1994, vol.24, n.3, pp.527-531. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84781994000300014.

Na irrigação por aspersão, o conhecimento da uniformidade de distribuição tem grande importância, pois permite identificar áreas deficientes ou excessivamente irrigadas. Em trabalho realizado na área experimental do Centro de Pesquisa Agropecuária do Oeste (EMBRAPA-CPAO), em Dourados, MS, determinou-se a uniformidade de distribuição de um sistema de irrigação por aspersão do tipo convencional. Utilizou-se um aspersor Samoto, modelo Sagra AJ-25, diâmetro do bocal 5,6mm, instalado a 70cm de altura, operando em quatro pressões de serviço (280, 340, 400 e 480kPa). Através da simulação das superposições, obteve-se a distribuição das precipitações para quatro espaçamentos (12x12, 12x18, 18x18 e 18x24m). O local dos ensaios foi dividido em subáreas de 9m2, no centro das quais foram instalados pluviômetros a 30cm de altura. A velocidade do vento foi medida a 2m de altura. Foram realizados dois ensaios para cada pressão de serviço, cada um com duração de 60 minutos. A uniformidade de distribuição foi calculada pelos coeficientes de Christiansen, Wilcox e Swailes, Benami, eficiência padrão de Criddle e eficiência padrão de Beale. Os coeficientes foram mais elevados no espaçamento 12x18, seguido pelo de 12x12m. De maneira geral, a uniformidade de distribuição diminuiu com o aumento da velocidade do vento. Para velocidades de vento semelhantes ou próximas houve incremento da uniformidade com o aumento da pressão de serviço. O coeficiente de uniformidade de Christiansen, seguido do de Wilcox e Swailes, apresentaram os índices de uniformidade mais elevados, enquanto o de Benami foi o mais rigoroso.

Palavras-chave : irrigação por aspersão; uniformidade de distribuição; desempenho da aspersão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons