SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Perfil de ácidos graxos da gordura intramuscular da carne de vacas de descarte de diferentes grupos genéticos terminadas em confinamento, abatidas com distintos pesosFarinha de vísceras de aves na alimentação de alevinos de piavuçu (Leporinus macrocephalus) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478versão On-line ISSN 1678-4596

Resumo

CARVALHO, Sérgio et al. Ganho de peso, características da carcaça e componentes não-carcaça de cordeiros da raça Texel terminados em diferentes sistemas alimentares. Cienc. Rural [online]. 2007, vol.37, n.3, pp.821-827. ISSN 1678-4596.  https://doi.org/10.1590/S0103-84782007000300034.

Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes sistemas alimentares sobre o ganho de peso, as características da carcaça e os componentes não-carcaça de cordeiros em fase de terminação. Foram utilizados 18 cordeiros, machos castrados, da raça Texel, distribuídos aleatoriamente nos seguintes tratamentos: T1 = confinamento; T2 = pastagem com suplementação e T3 = pastagem sem suplementação. Os animais confinados foram alimentados com uma dieta contendo feno de Tifton-85 e concentrado na proporção de 40:60 na matéria seca. A pastagem utilizada foi Tifton-85. Os animais suplementados receberam o mesmo alimento concentrado oferecido no confinamento na proporção de 2% do peso vivo. Aos 144 dias de idade, após jejum de 12 horas, realizaram-se os abates. Foram verificados menores peso final (P<0,05), ganho de peso diário, peso de carcaça quente, rendimento de carcaça quente, peso e proporção de costilhar e pesos de quarto, paleta e pescoço (P<0,01), nos cordeiros terminados na pastagem, quando comparados com aqueles confinados ou suplementados em condição de pastejo. As proporções de quarto e paleta foram maiores nos cordeiros terminados em pastagem sem suplementação, em relação aos confinados. Verificou-se uma maior proporção (P<0,01) de vísceras cheias e de conteúdo gastrintestinal nos cordeiros alimentados exclusivamente com pastagem de Tifton-85. Os cordeiros alimentados em confinamento apresentaram uma maior proporção de gordura interna e renal e uma menor proporção de patas e de vísceras vazias (P<0,01). A proporção de cabeça foi maior (P<0,05) nos cordeiros submetidos a pastejo sem suplementação em relação àqueles confinados. A soma das proporções dos componentes não-carcaça representou 34,65% do peso vivo dos cordeiros no momento do abate.

Palavras-chave : carne ovina; composição regional; desempenho; ganho de peso.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons