SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número7Potássio via recobrimento de sementes de soja: efeitos na qualidade fisiológica e no rendimentoCaracterização e classificação de solos graníticos em topossequência na região Sul do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

SCORZA JUNIOR, Rômulo Penna  e  FRANCO, André Andrade. A temperatura e umidade na degradação de fipronil em dois solos de Mato Grosso do Sul. Cienc. Rural [online]. 2013, vol.43, n.7, pp.1203-1209.  Epub 18-Jun-2013. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782013005000083.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência da temperatura e umidade na degradação de fipronil, em condições de laboratório, em dois solos de Mato Grosso do Sul. Os solos (0-30 e 50-70cm) foram incubados nas temperaturas de 30 e 40°C e umidades de 50 e 80% da capacidade de campo. Amostras para análise dos resíduos de fipronil foram retiradas aos 0, 3, 10, 17, 24, 34 e 44 dias, sendo os dados das quantidades remanescentes em função do tempo ajustados aos modelos de cinética de primeira ordem e bifásico. O aumento da umidade e temperatura favoreceu a degradação do fipronil em ambos os solos. O modelo de cinética de primeira ordem mostrou-se superior ao bifásico para descrever a degradação do fipronil com valores de meia-vida entre 19 e 74 dias.

Palavras-chave : agrotóxico; persistência; meia-vida.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons