SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30Status Sociométrico de Participantes Envolvidos em Bullying EscolarEmoções para Artistas: Integrando duas Técnicas de Análise Textual na Perspectiva Qualitativa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Paidéia (Ribeirão Preto)

versão impressa ISSN 0103-863Xversão On-line ISSN 1982-4327

Resumo

MARTINS, Cristiane Amorim  e  CRUZ, Silvia Helena Vieira. A Participação de Crianças e Professora na Constituição da Brincadeira na Escola. Paidéia (Ribeirão Preto) [online]. 2020, vol.30, e3016.  Epub 03-Jul-2020. ISSN 1982-4327.  http://dx.doi.org/10.1590/1982-4327e3016.

Considerando-se as relações brincadeira-desenvolvimento e a marginalização da brincadeira na escola, evidenciada em estudos anteriores, buscou-se analisar, neste estudo de caso, a participação de crianças e professora na constituição da brincadeira em uma pré-escola pública de Fortaleza. Foram adotados como procedimentos: observação da rotina da turma (composta por 24 crianças de baixa renda), entrevista semiestruturada, elaboração e explicitação de desenhos, história para completar, jogo simbólico e análise desse jogo e das brincadeiras vividas na escola, em parceria com as crianças. A análise dos dados construídos permitiu concluir que a brincadeira valorizada pela professora é aquela planejada e dirigida por ela objetivando a aprendizagem e o treino de habilidades. A brincadeira livre, valorizada pelas crianças, ela vê como “bagunça”. A ausência de reflexão crítica sobre a postura adultocêntrica da sociedade, somada à escassez de conhecimentos a respeito das relações brincadeira-desenvolvimento infantil, comprometem a qualidade do trabalho da professora.

Palavras-chave : comportamento de brincar; educação infantil; formação de professores.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )