SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue2Genetic variability and pedigree analysis of Brazilian common bean elite genotypesMorphological characterization and reproductive aspects in genetic variability studies of forage peanut author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Scientia Agricola

On-line version ISSN 1678-992X

Abstract

PINTO, Luciana Rossini; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro; SOUZA JR., Cláudio Lopes de  and  SILVA, Rainério Meireles da. Variabilidade isoenzimática em populações tropicais de milho sob seleção recorrente recíproca. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2003, vol.60, n.2, pp.291-297. ISSN 1678-992X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162003000200013.

O milho (Zea mays L.) é uma das culturas em que a variabilidade genética tem sido extensivamente estudada com base em locos isoenzimáticos. A variabilidade genética das populações de milho BR-105 e BR-106, e dos sintéticos IG-3 e IG-4, obtidos após um ciclo de seleção recorrente de elevada intensidade, foi investigada para sete locos isoenzimáticos. Foram identificados 20 alelos, sendo que a maioria dos alelos exclusivos foi detectada na população BR-106. Um ciclo de seleção recorrente recíproca (RRS) causou reduções de 12% no número de alelos em ambas populações. Mudanças nas freqüências alélicas foram observadas entre populações e sintéticos, principalmente para o loco Est 2. As populações mostraram similaridade para número de alelos por loco, porcentagem de locos polimórficos, e para heterozigosidade observada e esperada. Houve decréscimo nas estimativas da variabilidade dos sintéticos em conseqüência dos efeitos da deriva genética e redução do tamanho efetivo populacional. A distribuição da diversidade genética dentro e entre as populações revelou que a maior parte da diversidade permaneceu dentro delas, i.e. BR-105 x BR-106 (GST = 3,5%) e IG-3 x IG-4 (GST = 4,0%). A distância genética entre as populações e os sintéticos aumentou em torno de 21%. Houve aumento na divergência genética entre as populações, porém sem comprometer novos procedimentos de seleção.

Keywords : Zea mays; marcadores genéticos; variabilidade genética; isoenzimas; melhoramento de populações.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License