SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2Estrutura das exportações e crescimento econômico: uma análise empírica, 1985-2003Elasticidades dos rendimentos do trabalho em relação ao salário mínimo: a experiência de um período recente de crescimento do salário mínimo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Economia e Sociedade

versão impressa ISSN 0104-0618

Resumo

BRITTO, Jorge  e  STALLIVIERI, Fabio. Inovação, cooperação e aprendizado no setor de software no Brasil: análise exploratória baseada no conceito de Arranjos Produtivos Locais (APLs). Econ. soc. [online]. 2010, vol.19, n.2, pp.315-358. ISSN 0104-0618.  https://doi.org/10.1590/S0104-06182010000200005.

O artigo procura articular a discussão sobre o processo de construção de competências na produção de software no Brasil à distribuição espacial dessas atividades, utilizando para isso um referencial analítico baseado no conceito de "arranjos produtivos locais" (APLs), no qual ressalta-se a importância da dimensão local-institucional para o aprofundamento de diferentes formas de aprendizado e para o reforço do potencial inovativo e da competitividade industrial. A análise realizada desdobra-se em cinco seções. A primeira seção apresenta uma caracterização geral do setor e do referencial analítico utilizado. A segunda seção apresenta um panorama sintético da evolução do setor de software no Brasil no período recente. A terceira seção procura discutir aspectos relacionados à distribuição espacial da indústria, com base em informações secundárias. A quarta seção desenvolve uma análise exploratória sobre a heterogeneidade espacial da indústria, utilizando informações primárias sobre arranjos produtivos dedicados à produção de software, as quais são trabalhadas através de técnicas de estatística multivariada, visando identificar diferentes padrões relativos a processos de aprendizado e inovação existentes nesses arranjos. Uma última seção sintetiza as principais conclusões do trabalho.

Palavras-chave : Indústria de software; Inovação e cooperação; Clusters industriais [Software]; Arranjos produtivos locais; Análise cross-sector.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons